Bloquinho, glitter e… ECONOMIA!

carnaval

No Brasil, uma das as datas mais esperadas pela maioria da sociedade é o carnaval. Essa expectativa pode ser explicada pelo espírito de festa e folia que se espalha nesses dias que antecedem a quarta-feira de cinzas onde as pessoas colocam a criatividade típica do povo brasileiro à tona e vão para as ruas em busca de muita diversão.

Além do entretenimento e da folia propagada pelas festas, o carnaval possui uma ‘’teia produtiva’’ que fomenta o desempenho econômico regional e alavanca os rendimentos no mês de fevereiro (que por muitos empresários é um mês considerado ‘’perdido’’ por possuir menos dias úteis). Essa teia produtiva pode ser descrita como todas as atividades relacionadas com o carnaval, tais como a logística, a hotelaria, indústria de bebidas e de alimentos, vestuário, dentre outros setores que são diretamente beneficiados e essenciais para atender toda a demanda proveniente deste período de festas. 

Quando paramos para pensar a respeito da atividade econômica presente neste período festivo sempre pensamos primeiro nos bares, casas noturnas e clubes os quais acreditamos que possuem um maior impacto econômico, entretanto o setor mais próximo e com maior ligação com outros grupos econômicos seria o setor ‘’criativo produtivo’’ do carnaval. Esse setor é formado por todo segmento desenvolvimento e produção de fantasias, adereços, souvenirs e objetos direcionados a festa carnavalescas, este setor está diretamente ligado ao setor de insumos para tal produção, por exemplo, a indústria de plástico, fibra de vidro, tintas especiais e tecidos. 

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo estima que em 2020 o carnaval poderá movimentar aproximadamente 7 bilhões de reais e gerar até 30 mil empregos temporários. Com essa enorme quantia de dinheiro circulando neste curto período, a festividade carnavalesca poderá ser um momento repleto de oportunidades para o empreendedorismo, geração de renda, fortalecimento de uma marca e até mesmo expansão de negócios.

Desta forma essa festa tão característica do nosso povo brasileiro representa muito mais que um período de descontração, mas também uma grande oportunidade para o fomento do comercio, da indústria e principalmente para a população que poderá se beneficiar com essa onda de folia que movimenta bilhões todos os anos em nosso país. 

Posts relacionados

Economia & Finanças

Como juntar dinheiro para as metas!

nayara
Economia & Finanças

EUA x IRÃ e os impactos em nossa economia! 

Matheus Spina
Economia & Finanças

Corretoras de valores: o que são? 

nayara

Cadastre-se e receba novidades e atualizações por e-mail.