Da alta costura para o nosso dia a dia

alta costura

Acabou de acontecer em Paris, na França, a semana de alta costura de moda, ou haute couture, como é chamada em francês e no mundo da moda. Os desfiles são verdadeiros shows e os valores das peças não se encaixam para o nosso mundo mortal.

Mas muito do que aparece nas passarelas da alta costura acaba virando a tendência comercial, aquela que encontramos em todas as vitrines, mas de uma maneira muito mais acessível. Antes de falar quais são essas tendências, acho válido esclarecer o que é a Alta Costura, o que podemos chamar com essa nomenclatura.

O termo Alta Costura ou Haute Couture surgiu em Paris no século XIX, berço da moda mundial, onde os estilistas entendiam que suas criações únicas eram obras de arte únicas e é assim que a alta costura vive até hoje, com trajes, normalmente vestidos, feitos a mão do início ao fim, de maneira totalmente artesanal com tecidos, aviamentos e acabamentos de altíssima qualidades. Apenas uma peça de alta costura é confeccionada, nada é feito em escala e apenas um público muito seleto e escolhido a dedo pode ter acesso a essas peças. Estima-se que há apenas 4 mil clientes de alta costura pelo mundo todo. Sem contar que existe uma comissão que autoriza ou não alguma casa de moda a entrar na chamada “alta costura”.

Visto toda essa exclusividade, vamos ver o que surgiu de tendência por lá que vai aparecer nas lojas fast fashion por aqui:

– Golas: o desfile da Chanel trouxe muitas golas para deixar a produção mais dramática e romântica, inclusive com bordados. A gola pode aparecer como sobreposição de peças ou como acessório, ao invés de um colar.

alta costura

– Blazer: essa é uma peça que apareceu nos desfiles de Chanel, Givenchy, Armani Privé, Alexis Mabille, Christian Dior e Schiaparelli, se tornando a grande aposta da próxima temporada. Seja sozinho no dia a dia, em conjuntos de alfaiataria, com bordados ou pedrarias, eles estarão muito presentes, em todas as situações acinturado, seja pela modelagem, seja por um cinto.

alta costura

– Tule: esse é o tecido da vez, com toda a sua fluidez, romantismo e sensualidade com a sua transparência, o tule vai aparecer muito, seja em vestidos, saias ou blusas. As blusas para o dia a dia podem ficar muito mais interessantes e criar um look com informação de moda com esse tecido.

alta costura

– Babados: uma modelagem que já está em alta e continuará nas próximas estações, de uma maneira ainda mais exagerada, até um tanto quanto teatral. Para o dia a dia, podemos equilibrar as produções quanto as proporções, uma calça skinny jeans pode ficar muito interessante com um top bem armado, é a possibilidade de um look marcante, mas ainda informal.

alta costura

Posts relacionados

Moda & Beleza

Cuidados com a beleza na quarentena.

Juliana Guttner
Moda & Beleza

Relaxamento capilar

Juliana Guttner
Moda & Beleza

A autoaceitação está na moda

Laura Buoro

Cadastre-se e receba novidades e atualizações por e-mail.