Empreendedorismo ou sacrifício?

Hoje vamos falar sobre as escolhas que fazemos quando nos tornamos adultos. Afinal, empreendedorismo é ou não é um sacrifício?

Sou muito repetitiva com a minha história, mas eu acredito que se não fosse ela eu não teria experiências para compartilhar. Mas, lembro que quando iniciei nessa jornada achava incrível poder ser livre e não ter que dar satisfação pra chefe.

E aí, depois de um tempo, você começa a perceber que o único motivo que te leva a continuar empreendendo é o sonho. Porque sinceramente, se colocar todos os gastos no papel e as noites mal dormidas (como essa que eu estou tendo enquanto escrevo pra vocês), não vale tanto a pena assim!

Vale a pena no sentido de ver tudo indo pro caminho certo, quantas pessoas você emprega, quantas histórias você ouve todos os dias e quantos desafios enfrenta para chegar onde quer. Mas, não vale tão a pena quando você olha sua conta bancária, sua liberdade como férias e 13° (kkkkkk) e sua paz de espírito!

É triste pensar que você passa anos e anos trabalhando e no fim as contas continuam as mesmas e parece que você não enriquece. A culpa disso tudo? Nosso país!

Cada dia que você vai no mercado, o papel higiênico que custava R$12 semana passada, hoje custa R$16, a passagem do ônibus do funcionário que no começo do ano custava R$4 hoje custa R$4,60. O aluguel que você começou pagando porque achava que dava conta, hoje reajustou porque já faz mais de um ano que você ocupa aquele espaço.

Contas que aumentam no nosso bolso, mas não beneficiam, nem um pouco, o nosso dia a dia e a nossa conta bancária.

Por isso, empreender e fazer sacrifício estão tão próximos. Porque só quem tem coragem de ser dono do seu próprio negócio sabe o quanto é difícil passar anos sem tirar férias, pra poder chegar no dia 05 e pagar todo mundo certinho. (Aproveita o momento e desabafa aqui nos comentários… A quanto tempo você não tira férias?)

Agora, se você tá lendo isso e dizendo que tira férias tranquilamente, e não se preocupa com os funcionários da sua empresa. Desculpa! Mas eu prefiro nem saber o que você faz pra viver.

Nos vemos semana que vem!
Beijos.

Posts relacionados

Empreendedorismo

Indie na BGS

Thiago Bruno
Empreendedorismo

Anitta a rainha da mídia!

Maria Olívia
Empreendedorismo

Banners nos jogos

Thiago Bruno

Cadastre-se e receba novidades e atualizações por e-mail.