Meu metabolismo é lento, e agora?

Metabolismo lento

Oie!

Você sente dificuldade para emagrecer, como se patinasse entre restrições muito sofridas e  frustrações por não ver o resultado desejado? Com enorme sofrimento a balança cai 1kg durante a semana…e recupera 2kg no final de semana. Só o que resta é desânimo.

Vem cá, sinta se abraçado pois essas sensações são muito comuns e a única explicação parece ser [METABOLISMO LENTO]. E a responsabilidade de emagrecer fica com o tal metabolismo lento.

Acontece que o tal metabolismo lento é apenas uma percepção irreal para a maioria das pessoas.

Ele realmente existe e a forma de identificar isso é através do diagnóstico médico de hipotireoidismo clínico ou subclínico, que são detectados a partir de exame de sangue com alteração dos hormônios marcadores do funcionamento da tireoide, inicialmente o TSH, em conjunto com T4 livre, T3 livre e outros parâmetros específicos que permitem entender a razão dessa disfunção. Acontece que a prevalência de hipotireoidismo em adultos tem variação entre apenas 4 e 10% da população. Então se você acredita que seu metabolismo é lento, vale procurar um endocrinologista para investigar isso.

E se você faz parte da maioria das pessoas e sua tireoide está funcionando belezinha, vamos entender essa sensação de metabolismo lento que impede ou dificulta seu emagrecimento.

O primeiro ponto é frisar que para que aconteça o emagrecimento é preciso fazer saldo negativo de calorias, ou seja, consumir menor quantidade calórica do que gasta. E eu sei que você tem a impressão de que come feito passarinho durante a semana, tão pequena a quantidade de comida que vai no seu prato. E pergunto sobre a comida que você esquece de considerar como comida – aqueles petiscos enquanto cozinha, aquele pedacinho mini de bolo, o belisco da bolachinha com café, o açúcar desse café, o suco adoçado com a refeição, o generoso azeite na salada, as colheradas do restinho da comida da criança que ia para o lixo. Isso também é comida e mesmo que você nem percebeu, seu corpo recebeu. E pode ter armazenado se sobrou calorias no seu dia.

Outro ponto é que essas calorias consumidas sejam na forma de alimentos nutritivos e anti-inflamatórios, para poupar o organismo permitindo que trabalhe de forma mais eficiente e aí entra um ponto importante do “metabolismo lento”. Por exemplo, o impacto da mesma caloria na forma de açúcar refinado ou na forma de fruta de verdade é diferente. A fruta de verdade tem vitaminas, minerais e compostos ativos que potencializam o funcionamento das suas células, enquanto o excesso de açúcar refinado pode sobrecarregar fígado e alterar as bactérias do intestino de forma negativa, dificultando o emagrecimento.

Ai vem o ponto que na minha percepção é o mais importante de todos – a persistência. O corpo demora um tempo para algumas pessoas e outro tempo para outras pessoas na reação ao emagrecimento e esse tempo depende muito do seu passado com dietas restritivas pois pessoas que já fizeram muitas dietas restritivas “poupam” mais e podem demorar mais para começar a ter o efeito desejado. Cada corpo é um corpo e para mudanças drásticas em pouco tempo, só photoshop! Heheh Ou seja, faça e faça de novo. Persistência é o que vai realmente levar ao resultado desejado.

Muita informação né? Quer um resumo?

Metabolismo lento é uma percepção irreal para a maioria das pessoas. A verdade é que para emagrecer é preciso fazer saldo negativo de calorias durante a semana sem compensar nos finais de semana, comendo comida de verdade pois apenas contar calorias é ineficiente já que nosso corpo precisa de nutrientes para trabalhar em potência máxima. E persistir. Persistir até alcançar o resultado desejado. E lógico que com ajuda de nutri olhando especificamente para você isso pode ficar mais fácil – e isso você já sabe! rsrs

Eu sei que você veio até aqui querendo saber de alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo, então lá vai!

GENGIBRE

Leve aumento do gasto calórico, anti-inflamatório, antitumoral, antibacteriano e antioxidante estão entre os efeitos do gengibre no organismo. Ele pode ser um super aliado não apenas do emagrecimento e sim para a vida como estratégia de potencializar o funcionamento do corpo e proteger o equilíbrio. Pode ser usado na forma fresca ou em pó, no preparo dos alimentos como legumes, cozidos de grãos, mingau e chás. Se você tem pressão alta, cuidado pois pode alterar para algumas pessoas.

CANELA

Facilita o uso do tecido adiposo como energia, antifúngica, melhora metabolismo de carboidratos e anti-inflamatória estão entre os diversos efeitos da canela, que pode ser usada em preparações doces ou salgadas na forma de pó ou em rama (pau). Aliás, ela pode ser um super aliado na vontade de doce pois por ter um aroma doce ajuda a diminuir a quantidade de açúcar no cafezinho, mingau ou alguns sucos. Cuidado se você é tentante pois a canela é abortiva.

CHÁ VERDE

O queridinho do emagrecimento pois além de melhorar a ansiedade, aumenta o uso da gordurinha como fonte energética de forma significativa. Cuidado apenas em tomar chá verde perto de refeições, pois atrapalha a absorção de minerais como ferro. Cuidado também em tomar no final do dia pois pode prejudicar a qualidade do sono por ter cafeína.

PIMENTA CAIENA

Aumenta gasto calórico, anti-inflamatória, anti-tumoral e digestiva são alguns dos efeitos da pimenta caiena, que também pode ser usada fresca ou em pó em preparações salgadas como legumes e cozido de grãos ou doces, como no chai latte ou chocolate quente, que por sinal ficam bem gostosos.

 

Gostou? Compartilhe com quem também pode gostar!

Acompanhe nas redes sociais, essa semana colocarei algumas receitas com esses ingredientes!

 

@nutrikarelincavallari

Beijos mil

 

  1. Esses alimentos auxiliam no aumento de gasto energético de forma sutil em conjunto com uma alimentação balanceada e adequada para suas necessidades. Apenas o uso deles não vai fazer milagres. Procure orientação de um nutricionista para orientações específicas.

 

Posts relacionados

Gastronomia

Já ouviu falar de Meal Prep? Los geht’s!

Igor Ruiz
Gastronomia

Fondue de Queijo barato e delicioso

Raquel Moraes
Gastronomia

O que é: pasta alla Carbonara?

Carla Gutenberg

Cadastre-se e receba novidades e atualizações por e-mail.