Reflexão Filosófica – Parte 2

Reflexão Filosófica

Leia a parte 1 aqui

Entrando na fase adulta da vida eu pude ter novas percepções e insights, dizem que quando chegamos aos 27 anos uma chave vira, pois é, aqui está sendo exatamente assim, mas antes mesmo eu já tive muitas percepções devido a acontecimentos transformadores como a decepção que veio com o fim da faculdade, a maternidade solo e as imensas cobranças externas que não cabiam em mim e me inquietavam.

 

Então eu escolhi estudar, buscar o autoconhecimento e encontrei muitas ferramentas. A meditação foi uma delas, antes eu tinha muito preconceito e resistência em fazer, mas quebrando um tabu, alcancei um encontro comigo mesma que proporcionou o entendimento profundo dos meus estudos e dos meus pensamentos. Foi um mergulho.
E, observando meus pensamentos, eu percebi que eu não controlava eles, eram pensamentos diversos, capturas. Quando silenciei e vi a luz branca em meu pensamento, pude perceber a insistência de outros pensamentos que não eram desejados. Em análise comigo mesma, me dei conta da desconstrução que era necessária.

Desconstrução, porque eram muitas expectativas, projeções, medos, acontecimentos, crenças e padrões, que precisavam ser quebrados para dar espaço ao novo. É preciso estar presente a todo tempo e se perguntar, quem está pensando em mim? Estou presente e inteiro no agora? Estou realizando meu desejo intensivo na existência?
A filosofia da diferença fala sobre como nós estamos no espaço e tempo, somos “obrigados” a acontecer, a estar em movimento, não há escolha de não acontecer, estamos acontecendo, mas vamos acontecer de forma reativa ou afirmativa?

Vamos agir reativamente a partir dos acontecimentos? Ou vamos afirmar a potência criadora que somos?
Eu convido você a essas reflexões porque aqui tem sido assim. Após esse mergulho e agora com ferramentas, eu sinto que já posso viver a minha potência. Eu que estudei direito antes, agora estudo astrologia, ayurveda, filosofia e me formei no Reiki. Coisas que antes eu jamais poderia imaginar. Bastou abrir a mente, respirar fundo, ouvir o coração e ter atitude de me desconstruir.

Não aceite ser menos do que você é. Você é uma potência criadora. Acredite na sua fonte inesgotável de potência de criar o que você quiser.

Posts relacionados

Astrologia

Lilith e a Liberdade Feminina

Natália Anjos
Astrologia

Previsões de 2020 para os 12 signos

We Follow
Bem Estar

Como ir à festas e quermesses com criança pequena?

Karol Rabello

Cadastre-se e receba novidades e atualizações por e-mail.