Ressignificar 

Ressignificar 

Nos últimos dias tenho feito muitas reflexões, e a palavra “ressignificar” tem carregado um sentido muito forte para mim. Encontrei diversas descrições para esse verbo, mas de todas, gostaria de ressaltar um pequeno trecho.

“É um ato de extrema liberdade em que a gente pinta o mundo à nossa volta do jeito que a gente vê.”

Em meio ao caos causado por um novo vírus que pegou todos nós desprevenidos, que tipo de ação você tem cultivado? Quando faço essa pergunta, não espero que você me responda que está sendo uma pessoa 100% “good vibes”, que não se preocupa com o cenário ou coisa do tipo. 

A mensagem que eu quero passar aqui agora é de que talvez seja o momento de olhar para dentro. Olhar como toda essa situação reflete no seu mais íntimo pensamento. E dentre todas as ferramentas de autoconhecimento que você pode encontrar, eu tenho certeza que assistir incansavelmente ao noticiário da televisão, não está incluso.

Permita-se sentir, refletir, evoluir e RESSIGNIFICAR!

Precisamos mudar a forma como estamos enxergando toda essa situação, para que a paralisação seja mais leve para nossos corpos e mentes. Pensem comigo, se estamos usando álcool em gel para nos prevenir de contrair a doença e garantir a integridade de nossa saúde física, por que não podemos ouvir uma música relaxante para manter a nossa mente saudável e ter uma noite de sono melhor?

Você sabia que a poluição das cidades tem diminuído desde que o isolamento social nos foi imposto? Você sabia que o índice de mortes por acidentes de carro também tem caído?

Fico pensando em como a tecnologia afastou as pessoas nos últimos anos, e como tem nos dado infinitas possibilidades de nos mantermos conectados neste momento. E então me questiono: qual será o valor de um abraço apertado quando isso acabar? Qual será a importância daquele almoço de domingo em família?

É o momento de ressignificar nossos pensamentos e ações. É o momento de nos cuidarmos e nos protegermos. É o momento de estarmos juntos, mesmo separados.

E já que dizem que o melhor sempre fica no final, quando toda a situação se normalizar, será o momento de transformar todas as reflexões em ações, de demonstrar sentimentos que estão guardados, de começar novos projetos, de seguir em frente. Afinal, a única certeza que temos é que tudo passa sim, mas nunca volta!

Posts relacionados

Relacionamentos

#1 Coronavírus e a sexualidade

Laura Stoppa
Relacionamentos

Homenagem à matriarca família, saudades!

Daiane Honório
Relacionamentos

Sonhe Alto

Gleicy Lima

Cadastre-se e receba novidades e atualizações por e-mail.