Segunda sem carne: por que aderir a este movimento

No país do churrasco, para muitos brasileiros, a carne é um alimento indispensável no prato. Os almoços em família aos domingos e qualquer comemoração é motivo para um bom churrasco e lá está ela, a carne. O que talvez algumas pessoas não saibam é que evitar ou reduzir o consumo de carne ajuda na preservação dos recursos naturais do planeta, ou seja, diminui o impacto ambiental.

Mas, você deve estar se perguntando: não consumir carne ou outros produtos de origem animal por apenas um dia, faz mesmo diferença? Sim, pois para a produção de um quilo de carne são utilizados 16 mil litros de água, enquanto para produzir cereais e leguminosas são necessários menos de ¼ dessa quantidade.

Por que aderir à “segunda sem carne”?

Parece pouco, mas não consumir carne ou qualquer outro alimento de origem animal por apenas um dia pode trazer muitos benefícios à saúde. Uma alimentação com vegetais previne doenças crônicas e degenerativas como doenças cardiovasculares, hipertensão arterial, obesidade e diversos tipos de câncer e diabetes.

Pesquisas apontam que mudar os hábitos alimentares da população mundial para dietas à base de vegetais poderia evitar até oito milhões de mortes até 2050, o que representa aproximadamente 10% da mortalidade global.

Outro bom motivo para aderir à campanha é a pecuária. Ela representa uma das atividades humanas mais impactantes para o meio ambiente, pois consome grande quantidade de água, grãos, combustíveis fósseis, pesticidas e drogas. A pecuária também é a principal responsável pela destruição de florestas tropicais e outras áreas naturais.
Confira no vídeo abaixo outras razões pelas quais você deve aderir à campanha.

Segunda sem carne

Batizado de “segunda sem carne”, o projeto começou nos Estados Unidos em 2003 pelo publicitário e filantropo, Sid Lerner com o nome Meatless Monday. Seu objetivo é fazer com que as pessoas adotem o hábito de ficar, pelo menos, um dia da semana sem a proteína animal e outros alimentos da mesma origem. O objetivo da campanha é conscientizar as pessoas sobre os impactos causados pelo consumo de produtos de origem animal, tanto no planeta, quanto na sociedade, nos animais e na saúde humana.

A “segunda sem carne” conquistou adeptos em mais de 40 países e no Brasil
surgiu em 2009 por meio de uma parceria da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) com a Secretaria do Verde e Meio Ambiente de São Paulo (SVMA). Presente em centenas de municípios no país, beneficiando mais de três milhões de pessoas, a campanha brasileira é a que mais tem gerado impacto no mundo.

E você, já conhecia ou é adepto à campanha? Que tal começar na próxima segunda-feira? Me conte aqui nos comentários.

Posts relacionados

Nutrição

Vida social ou Alimentação Saudável?

Karelin Cavallari
Nutrição

Faça RENÚNCIAS e NÃO RESTRIÇÕES

Karelin Cavallari
Nutrição

Câncer de mama – PREVENÇÃO PELA BOCA

Karelin Cavallari

Cadastre-se e receba novidades e atualizações por e-mail.