TUDO SOBRE BICHECTOMIA

A cirurgia de bichectomia ficou muito conhecida nos últimos anos, mas se você não sabe o que é, eu explico: a cirurgia de bichectomia consiste na remoção do corpo adiposo (gordura) da bochecha também conhecido como bola de Bichat, localizada entre músculos faciais.

Qual a finalidade?

Esse é um procedimento com relatos antigos na literatura, mas que recentemente tornou-se popularizada devido aos seus resultados estéticos. Ela começou a ser feita inicialmente devido aos resultados funcionais (principalmente em pacientes que mordiam muito as bochechas por dentro) e depois foi percebido que também havia ganhos estéticos no afinamento do rosto.

Como é o procedimento?

É feito em consultório, sob anestesia local e dura em média 45 minutos no total. Eu realizo um corte por dentro da boca na altura dos dentes superiores de mais ou menos 2 cm por onde a gordura é retirada e ao final dou dois pontinhos.

Tem riscos?

Os riscos são os mesmos de todas as cirurgias. Sempre que realizamos cortes estamos próximos a estruturas como nervos, vasos, ductos, etc. Esses riscos são pequenos quando realizados com um profissional que tenha conhecimento anatômico e domínio da técnica, e quando o paciente segue todas as orientações.

E o pós-operatório?

Quem já fez esse procedimento comigo sabe que eu sou muito “chata” e pego no pé quanto as recomendações pós-operatórias. Apesar de ser uma cirurgia simples, não podemos negligenciar os cuidados! E esses cuidados fazem toda diferença no resultado final. Eu brinco com meus pacientes que eles irão fingir ser mudos pelos 2 primeiros dias após procedimento. Além disso, eu coloco uma fita de bandagem no rosto por 48h que ajuda a sustentar e comprimir minimizando o inchaço (e também ajuda pra que os pacientes não ficarem passeando e fazendo esforço físico né? Rs) Vou colocar aqui alguns dos tópicos de orientações que os meus pacientes recebem:

Faça compressa com gelo sobre o local operado no lado externo (rosto). Alterne por 10 minutos em cada lado. Repita o maior número de vezes, durante as primeiras 48 horas.

Tome as medicações exatamente como foi explicado e prescrito. Não pare a medicação na metade do tratamento só porque os sintomas desapareceram.

Evite: falar desnecessariamente, fazer esforço físico e se expor ao sol ou qualquer outra fonte geradora de calor, no período de 48 horas.

Manter repouso absoluto durante as primeiras 24 horas, com a cabeça mais elevada que o resto do corpo, apoiada por travesseiros.

Não fazer bochechos nas primeiras 24 horas e evitar cuspir a todo instante.

É importante alimentar-se bem. Dê preferência aos alimentos frios ou gelados durante as primeiras 12 horas. Após 12 horas, é sugerido alimentos pastosos em temperatura ambiente, como sopas e cremes. Somente após o terceiro dia, iniciar alimentação semissólida, em temperatura moderada. Evitar alimentos duros por uma semana.

Ai Dra, mas precisa de tudo isso? SIM! Os primeiros dias são fundamentais. Se seguir os cuidados direitinho, o inchaço é mínimo, a dor é mínima e muito provável que não fique nenhum hematoma.

Se não seguir, as bochechas vão primeiro inchar, pra depois desinchar e só depois começar a aparecer o resultado. Falando em tempo de resultado…

Em pouco tempo os resultados já começam a aparecer, mas consideramos o final após 6 meses de procedimento. Por que?

A bola de Bichat é envolta por uma cápsula que a nutre. A partir do momento que cortamos essa cápsula, ela já para de fornecer nutrientes. Após a remoção da maior parte da gordura, se ainda restou algo, será reabsorvido pelo organismo em até 6 meses pois não tem mais a nutrição.

Nem sempre é possível remover TUDO no ato da cirurgia, temos que avaliar riscos dependendo da variação anatômica de cada indivíduo. Se não for possível, o organismo trata de reabsorver nesse período que falamos acima. Deu pra entender?

Outro ponto muito polêmico:

Meu rosto vai cair? Vou envelhecer? NÃO!

A bola de Bichat tem função importante quando somos bebês, ele ajuda e facilita o movimento de sucção na amamentação. Depois disso ela não tem mais função. Portanto essa gordura já é algo que vai diminuindo ao longo dos anos gradativamente pela falta de uso.

O processo de envelhecimento abrange muitas mudanças, entre elas ossos, músculos, coxins de gordura, ou seja, a sustentação da pele como um todo. Logo, não dá pra dizer que a pessoa que fez bichectomia vai ter maior ou mais rápido envelhecimento do que de uma pessoa que não fez.

Pra finalizar, vou deixar um casinho meu aqui. Inclusive da nossa também CREATOR, Carla Gutenberg. Ela foi muuuuuito colaboradora no pós- operatório, não inchou nada, não ficou roxa e não sentiu dor. O caso dela está com 2 meses da cirurgia. Então ainda não temos resultado final.

Essa foto a Carla me mandou 3 dias depois da cirurgia.

Dá pra acreditar?

Meus amores, Esse é um assunto muito extenso, que em avaliação eu detalho bem mais. Mas se tiverem alguma dúvida podem me escrever nos comentários que responderei tudo que for possível.

Posts relacionados

Bem Estar

Como ir à festas e quermesses com criança pequena?

Karol Rabello
Bem Estar

Um caso chamado AMOR

Maria Olívia
Bem Estar

Tudo que você foca expande

Suzy Magalhães

Cadastre-se e receba novidades e atualizações por e-mail.