VIU, VEM CÁ! TENHO UMA COISA PARA CONTAR SOBRE O DIA DOS NAMORADOS

Eei!!!

Semana de dia dos namorados e eu só vejo propaganda de como agradar e representar amor ao outro!

Parece que a maioria das pessoas se esqueceu que relacionamento é transbordar amor e para isso precisa de auto amor. Caso contrário a chance de virar um jogo de cobranças e expectativa em cima do outro é enorme e com grande risco de ser bem frustrante. Concorda?

Viu Ka, o que isso tem a ver com nutrição?

TUDO!

Escolher o que você come é um ato de auto amor (ou pelo menos seria bom que fosse).

Como assim?

Antes dessa resposta, um convite. Pega papel e caneta, coloca no papel o que você entende como representação de amor. O que uma pessoa precisa fazer por você para que você perceba que essa pessoa tem carinho por você? E pode ser carinho/ amor romântico ou não. Por exemplo, talvez você goste de pequenos mimos como uma flor, um bombom, um presentinho ou super presentes. Talvez você goste de olho no olho, alguém que escute o que você tem a dizer e dê atenção. Talvez você goste de toque, de abraço, de beijo, de carinho. Talvez você goste de pequenos (ou grandes) favores, que ajude com as tarefas e facilite sua vida de alguma forma. Talvez você goste de palavras ditas, como elogios ou declarações sobre o quanto você é importante. Perceba que provavelmente algumas coisas se destacam em grau de importância.  Fez? O que se destaca para você?

O que dessa lista você faz por você? Como você tem representado amor por você?
Como essas representações de amor impactam a sua relação com seu corpo e com o que você come?

Se gosta de mimos, você se dá presentes e mimos? Ou tem a comida como recompensa e depois sente peso na consciência?

Se gosta de atenção, quando foi a última vez que aproveitou a sua companhia e gostou? Ou come sem perceber para preencher o vazio da solidão sem curtir solitude?

Se gosta de carinho e toque, tem se tocado com carinho? Pode ser simplesmente na hora de passar um hidratante no corpo. Ou outros carinhos, melhor ainda! heheh

Se gosta de favores e agrados, tem se feito o favor de cozinhar ou providenciar de alguma forma uma comida que acolhe ou facilitado o trabalho do seu corpo físico comendo comida de verdade que nutri de fora para dentro?

Se gosta de palavras, como você conversa consigo? Com elogios, acolhimento ou apenas críticas e cobranças com seu corpo, suas atitudes ou qualquer coisa que faça ou deixe de fazer?

 

Meu convite para hoje é que independentemente de estar ou não em um relacionamento com outra pessoa, você possa se ver em um relacionamento com você. E então, represente amor para você da forma que fizer mais sentido.

E tenha um Feliz Dia!

 

Beijos mil,

Karelin Cavallari

Posts relacionados

Gastronomia

Já ouviu falar de Meal Prep? Los geht’s!

Igor Ruiz
Gastronomia

Fondue de Queijo barato e delicioso

Raquel Moraes
Gastronomia

Meu metabolismo é lento, e agora?

Karelin Cavallari

Cadastre-se e receba novidades e atualizações por e-mail.